Close
Acesso Rápido

13 de dezembro de 2017

Dezembro Vermelho

Neste mês celebramos a campanha batizada de “Dezembro Vermelho”, instituída pela Lei 13.504 que tem como intuito chamar a atenção para as medidas de prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas vivendo com HIV. A escolha do mês foi em função do Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado no dia 1º de dezembro.

Atualmente, o município de Juatuba, tem 48 casos confirmados de HIV, dentre os quais gestante e criança. No ano de 2016 foram notificados 6 novos casos e em 2017 apenas 1. Embora apresente redução de novos casos, é importante manter as medidas de prevenção.

Os novos casos, após diagnóstico, são encaminhados para Betim no Serviço de Prevenção e Assistência em Doenças Especializadas (Sepadi). Lá recebem acompanhamento ambulatorial, realizam exames clínicos, fazem tratamento psicológico e recebem medicamentos antirretrovirais, que é um coquetel de medicamentos que inibem a multiplicação do vírus. Além disso, seguem em acompanhamento da Unidade Básica de Saúde de seu bairro.

Segundo o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde, a taxa de infectados no país explodiu entre 2006 e 2015 nas faixas de 15 a 29 anos. Além disso, de acordo com a UNAids, órgão das Nações Unidas para lidar com a epidemia, os casos de Aids no Brasil aumentaram 3% entre 2010 e 2016. No mundo, essa taxa sofreu queda de 11%.

Para conscientizar a população sobre a importância de prevenir- se e realizar o teste rápido, a prefeitura programou uma série de atividades ao longo de dezembro nas Unidades Básicas de Saúde da cidade, como blitz educativas, orientações e palestras nos postos de saúde. No dia 02 de dezembro, foi montado um stand na feira e divulgado informações sobre precaução e diagnóstico de Hiv e o teste rápido oferecido na Unidade de Saúde do Centro. As acontecerão até o dia 30 de dezembro.

Em Juatuba, algumas Unidades Básicas de Saúde oferecem pelo SUS o teste rápido para a pessoa diagnosticar se tem ou não o vírus. O teste é rápido, em 20 minutos se tem o resultado utilizando uma gota de sangue, após receber orientações sobre a doença. O diagnóstico é sigiloso e é realizado por profissional de curso superior e pode ser feito na UBS, mesmo que a pessoa não resida no bairro.

Onde realizar o teste:

Unidade Básica de Saúde Centro: Rua João Saliba, 115 – Centro

Unidade Básica de Saúde Bela Vista: Rua Governador Valadares, 1126 – Canaan

Unidade Básica de Saúde Boa Vista: Rua  Eupídio Batista, 185 – Boa Vista

Unidade Básica de Saúde Braúnas: Rua Onze, 150 – Jardim da Baviera